Maysa, Gustavo e Oliver: celebrando uma nova vida no Natal

“Acho que pela primeira vez em muito tempo o natal tá fazendo mais sentido pra mim Principalmente depois que eu perdi o meu pai, ficou aquela sensação de vazio e hoje, com o Oliver, a gente tem esse sentimento de que a familia tá completa aonde quer que a gente esteja,” diz Maysa enquanto seguraContinue reading “Maysa, Gustavo e Oliver: celebrando uma nova vida no Natal”

Yliamne: a esperança das mães venezuelanas por um natal em família

“Vi cada um dos meus filhos sair dos meus braços a cada par de anos e me dei conta, com o passar do tempo, que a ida deles em busca de prosperidade é para mim uma espécie de transição. Um processo de transmutar a desesperança em fé e esperança. Perdi o medo da distância. PertençoContinue reading “Yliamne: a esperança das mães venezuelanas por um natal em família”

Nina: Una reunión en Brasil después de 10 navidades en Australia

“Para mí, la Navidad significa familia. Honestamente, no tengo la Navidad como una fecha súper especial pero es un tiempo para reunir a la familia. Soy de un pueblo súper pequeño, así que todos mis hermanos salieron a estudiar y trabajar y la Navidad era realmente una época de reencuentro. Este es mi recuerdo. MiContinue reading “Nina: Una reunión en Brasil después de 10 navidades en Australia”

Nina: um reencontro no Brasil depois de 10 Natais na Austrália

“Pra mim, Natal significa família. Sinceramente, eu não tenho o Natal como uma data super especial mas é um momento de reunir a família. Eu sou de uma cidade super do interior, então todos os meus irmãos saíram pra estudar e trabalhar e era realmente uma época de reencontro. Essa que era a minha lembrança.Continue reading “Nina: um reencontro no Brasil depois de 10 Natais na Austrália”

Gabriel Villalba: a certeza de Golpe de Estado na Bolívia

“O que o mundo precisa saber, é que na Bolívia não vivemos em democracia,” é o que me disse Gabriel Villalba enquanto conversamos em um café num terraço no centro de La Paz. Dali de cima, havia uma tranquilidade que nada se parecia com as ruas que tínhamos acabado de cruzar para chegar àquele destino.Continue reading “Gabriel Villalba: a certeza de Golpe de Estado na Bolívia”

As ligações para a minha Avó (e a certeza de que ela fala a minha língua)

Tenho ligado para a minha vó com mais frequência. Por algum motivo que eu não sei bem explicar, eu nunca o fiz muito. Ela sempre morou longe. Mas eu nunca liguei.  Talvez porque alguma coisa em mim sempre alimentou a esperança de que no final do ano a gente fosse se ver. E aí entãoContinue reading “As ligações para a minha Avó (e a certeza de que ela fala a minha língua)”

“De Arepa en Budare”: Luísa e a força que ainda resiste na Venezuela

“Jamais, jamais, mesmo com a pior situação que estamos vivendo agora, eu abandono o meu país. Eu sou venezuelana, como dizemos aqui, ‘de arepa en budare’”. É uma das primeiras frases que me diz Luísa enquanto tomamos um café às 6 da manhã, em meio a tranquilidade da Gran Sabana. Talvez não haja expressão melhorContinue reading ““De Arepa en Budare”: Luísa e a força que ainda resiste na Venezuela”

Venezuela: Um fio de esperança em meio ao caos

Meu tempo na Venezuela foi curto. Cheguei num dia e fui no outro. E sinto que precisava de mais para absorver a atmosfera do país que, sim, está afundando em uma crise. Mas que, em contraposição, tem um povo que não se deixa abalar.  Não consegui parar muito para as longas conversas que gosto deContinue reading “Venezuela: Um fio de esperança em meio ao caos”

Wence: “Ninguém na Venezuela imaginou que teria que passar o Natal sozinho”

“Todos os anos a gente se reunia como uma família e fazia uma grande festa, com música, álcool e comida. Muita comida. Bastante comida. Eu me lembro de me sentar para jantar quatro vezes”, diz Wence Peraza com o mesmo entusiasmo de uma criança que fala sobre o que ganhou no Natal, ao recordar asContinue reading “Wence: “Ninguém na Venezuela imaginou que teria que passar o Natal sozinho””

Alba and the Venezuelan resistance in Brazil

“When I left [Venezuela], I said, ‘I will be the resistance in Brazil because I will have a voice and I will tell the world who we are”. One of the pioneers of the first Boa Vista Welcoming Centre, Ms. Alba Marina is certainly a force of resistance in Brazilian lands – and still offersContinue reading “Alba and the Venezuelan resistance in Brazil”